sexta-feira, 9 de maio de 2014

O dia em que ela saiu de casa!

Ninguém merece uma filha prestes a fazer 5 anos e vivendo inferno astral!!! rs

Esta noite, depois de um estresse de aumenta-abaixa o som da música ela disse que ia embora de casa... Eu concordei, abracei ela e disse pra ir com Deus... Sem alternativa ela perguntou se podia levar uma foto pra olhar pra gente quando sentisse saudade.. Falei que não, que a foto era da casa... Ela então pegou um livro e uma revistinha, se despediu de mim e da vó e foi embora... descalça!! Fui atrás pra ver até onde iria...

Andamos por dois quarteirões!!!! 

Quando chegou no portão aqui de casa, antes de sair ela virou pra trás, deu tchauzinho, disse que sentiria saudades e foi embora andando... Parou na mercearia da esquina e deu tchau pro dono e seguiu andando... Parou duas vezes pelo caminho... Na primeira prometeu que iria me visitar sempre e eu agradeci... Na segunda capitulou... Reclamou que não sabia pra onde ir, que não conhecia a casa de ninguém... Falei que ela podia dormir lá mesmo, que já tava tarde e amanhã ela procurava um lugar pra ficar... Ela disse que tinha medo de alguém roubar ela dormindo... Eu abri os braços e disse que não sabia o que ela podia fazer... Ela então falou que era melhor voltar pra casa, deu meia volta e saiu correndo de volta... Chegando em casa, foi até a vó e avisou que tinha desistido de ir embora... Já no meu quarto, antes de entrar pro banho sentou no meu colo e disse que ia sentir muito a minha falta se tivesse ido embora... Nos abraçamos e falei como foi bom ela ter voltado, que o dia das mães ia ser muito triste sem a minha filha querida junto comigo! rs

#PassaLogoInfernoAstral  #QueroNemPensarQuandoForAdolescente  #VaiPraHollywood




terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Volta às aulas

Me empolguei em voltar a postar depois de ver minha amiga Renata da Duda ressurgir das cinzas e reativar o blog, trazendo junto com ela o "Papai Quedista" Alex!!
Falta agora donas Pri e Gabi se animarem de novo, pq a Tetel foi a única do grupo que se manteve fiel e perseverante na atividade "bloguística", né?? rs

Mas então...
Este ano Giullia já vai para o 3º ano na escolinha, aluna do maternal 3... Giullia é uma menina bem esperta e comunicativa, mas deixa a desejar no quesito ouvir o que a professora diz e obedecer! Desde o primeiro relatório a escola vem pontuando esse traço da personalidade da pequena... Por conta disso, todo dia antes dela ir pra escola repetimos a ladainha:

Mãe: Boa...
Filha: aula!
M: Brinca...
F: muito!
M: E se...
F: diverte!
M: E o...
F: bedece a Camila e a Gabi (professoras do ano passado).
M: Isso mesmo! E manda um beijo...
F: pros meus amigos e pras minhas professoras!

Como também vou pra escola quando nos despedimos, ela repete a ladainha comigo também.. As pessoas que estão por perto nessa hora morrem de rir da pequetita se achando gente! rsrsrs... E vou torcendo pro ditado água mole em pedra dura tanto bate até que fura ser mesmo verdadeiro... Porque acho que o pior pesadelo de um professor é ter um filho que não goste de estudar ou que dê problemas na escola... hehehe...

Este ano resolvi ceder ao pedido da pequena e matricula-la na aula de ballet que acontece na escola dela mesmo, 1x por semana, após o horário de aula... Fiquei meio resistente antes por medo de sobrecarregar ela com atividades, de ser uma aula chata e tals... Mas enfim... O dia do ballet é bem movimentado na escola dela, muitas meninas participam, então o finalzinho do horário é a hora da arrumação pro ballet... E como ela não participava, acho que se sentia meio excluída... rs... Quando contei pra ela que este ano ela ia fazer aula de ballet também ela pulava de alegria... Às vezes penso em instalar uma câmera escondida aqui em casa pra filmar esses momentos... Muito lindo ver a empolgação dela...
A aula de ballet ajudou um pouquinho a vencer a resistência dela de que a professora vai mudar... E este ano uma amiguinha dela vai mudar de sala também... Quando comentei das mudanças ela ficou chorosa, falando que não queria ser do maternal 3 e por aí vai.. Mas fui dobrando a resistência dela contando que ela ia reencontrar a amiguinha na aula de ballet, que quando sentir saudades da Camila é só ir visitar ela na sala do maternal 2.... E agora ela já conta para as pessoas com alegria da professora nova e do maternal 3... E aos pouquinhos minha bebê vai crescendo e deixando de ser bebê pra ser uma menininha linda, esperta e encantadora...
Hoje fomos comprar o uniforme de ballet e ela deu um show na loja... Rindo e pulando de ansiedade enquanto vestia a roupa e desfilando e dançando toda serelepe com a roupa nova... Mal cabia em si de felicidade!!! E a mamãe babaaaaaaaaando do lado! Quem me conhece, sabe bem do que eu tô falando!!! haushaushaushaushuahsuahsuahsa
Chegando em casa ela vestiu a roupa de ballet pra mostrar pro pai e aproveitei pra dar a mochila que já estava comprada, mas escondida aguardando o fim de férias...
E devagarzinho vamos, pouco a pouco, vencendo a preguiça e a vontade de continuar na vida mansa, só curtindo as férias... hehehe

Bailarina Giullia

Bailarina Giullia posando com sua mochila nova

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Últimas pérolas de Giullinha

Este ano colocamos vários bonequinhos de natal no pé da árvore, presépio, etc... Todos os dias a Giullia "reorganiza" os bonequinhos à sua maneira... Hoje depois do banho lá estava ela brincando quando de repente veio correndo e gritando que tinha quebrado o Papai Noel, levando um Papai Noel de plástico na mão... Falei com ela que não tinha problema, que podia deixar lá que depois o papai colava.. Segue então o diálogo:

- Não mamãe... Eu quebrei o "Papai Noel que vira" (globo de neve)!
- Aaaaaaaaaaah filha... Mas não pode mexer nele, porque quebra mesmo...
- Mas eu sempre, sempre brinco com ele e não quebra!
- Pois é, mas ele é de vidro... E vidro quebra... Olha lá! E agora?
- É só comprar outro!
- Ah não.. Mas a mamãe não tem mais dinheiro não.. E agora? A gente vai ficar sem "Papai Noel que vira"...
Giullia amuadinha e pensando... Veio então a solução!!!
- Já seeeeeeei mamãe!! Tive uma ótima ideia... Eu tenho dinheiro... Tô livre!!!
E foi correndo pegar seu rico dinheirinho (40 centavos) e dar toda feliz para a mamãe comprar outro "Papai Noel que vira" e livrar ela do problema!
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Brincando no quarto da vó, viu uma foto com a imagem de Jesus e solta a peróla:

- Olha! O Cara lá de cima!

Tá ou não tá ouvindo muita música da Xuxa???
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
"Lendo" uma carta que "recebeu" outro dia:

- Querida Giullia,
agradece todo mundo pela sempre família...
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Giullia vai ganhar uma priminha nova em maio, a Ana Laura! Tenho conversado com ela e explicado que alguns brinquedos e roupinhas de bebê dela a gente vai emprestar pra Aninha brincar e usar... No começo ela ficou resistente, disse que ela gosta tanto, tanto de tudo... Aí falei que eu só ia levar as coisas dela pra Ana Laura se ela deixasse... Depois disso ela pensou e concordou que alguns brinquedos podem ir pra Ana, que ela não brinca mais e que se ela sentir saudade, ela vai lá e brinca com ela... Desde então, sempre quando ela vê os tais brinquedos ela vem correndo perguntar:

- Mamãe, a Ana Laura já nasceu???

Aí explico que ela só vai nascer quando a Giu fizer 4 anos... Mas uma meia hora depois vem ela de novo correndo perguntar se já nasceu! rsrsrs
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Giullia foi a praia quando tinha 9 meses, então não se lembra muito, só por foto... Mês que vem vamos viajar de novo pra praia e o combinado com ela é que ela iria pra praia quando entrasse de férias... No dia que falei que ela tava de férias foi uma festa, pulando e gritando ela diz:

- Eba! Tô de férias e vou pra pra-ia! Tô de férias e vou pra pra-ia!

Quando expliquei que ainda ia demorar um pouco ela ficou amuadinha... Pediu pra ir pra escola de novo então... Seguimos levando, inventando novidades e distraindo a pequena até chegar o tão sonhado dia!!! : )

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Casa livre de bubus

Postei no facebook dia 07/11/2012

Mais uma da série "Giullia e suas perólas"

Desde o início deste ano que cortei o "bubu" da Giullia durante o dia... Deixo ela chupar bico só na hora de dormir... Mas já tem um tempinho que mesmo o bubu da noite eu tô querendo cortar, mas com vó e pai choramingando atrás de mim nem animei...
Pois bem... Quando foi ontem a noite a Giu fez uma birra imensa na hora de jantar que eu apelei e falei que
 também não ia dar o bubu pra ela... Ela chorou, chorou uma eternidade que durou 3 minutos e depois deitou na cadeirinha e foi dormir (já tava cansadinha mesmo)... Apagou! Quando foi por volta de 3 da manhã ela acordou procurando o bico (já esperava por isso)... Daí lembrei que ela não tinha ganhado porque ela não jantou... Aí desta vez foi um chorinho sentido... Mas fui conversando, distraindo ela... Toda hora ela me pedia pra ir na cozinha buscar o bubu dela... Desconversei e falei que a chuva tinha estragado a luz lá na cozinha, que tava muito escuro e eu tava com medo de ir lá... Ela aceitou de boa!! Santa inocência.. Isto tudo eu com a tv ligada assistindo a apuração dos votos lá nos EUA... Resolvi oferecer um toddy pra ela porque ela provavelmente estava com fome...

Mãe: Filha... Quer um toddy pra você dormir de novo?
Filha: Mas tá sem luz lá na cozinha!! (com voz de dããããã, manhê!)
Mãe: (silêncio) funhé, funhé, funhé.... Não filha... mas o papai deixou lá no cantinho, quer que eu procuro no escuro?
Filha: Quero

E lá foi a mãe fazer toddy no absoluto escuro para não estragar a desculpa esfarrapada! kkkkkkkk

Passou o resto da noite bem... Acordou toda feliz contando pra todo mundo que era criança que não chupava mais bubu.... Agora estamos aqui dando uma enrolada nela de novo, que já pediu o bico umas duas vezes... Daí lembramos que ela não chupa mais, ela dá uma risadinha do tipo "eu tentei, né? vai que cola?" e muda de assunto...

E assim estamos caminhando devagarzinho despedindo do bbzinho que tínhamos em casa... Somos quase 100% uma casa livre de bubus!!! rs

ATUALIZADO: Hoje dia 09/11 posso dizer que definitivamente nos livramos das chupetas... Giullia está toda orgulhosa que não chupa mais bico... Saímos pra comprar um presente, ela escolheu uma gelequinha rosa, chicletes rosa e um livro de colorir com adesivos das princesas... Na segunda noite sem chupeta chorou um pouquinho, pediu o bubu algumas vezes, mas conseguimos distrair... Ontem ela pediu uma vez, na hora de escovar os dentes, só falamos "mas você não chupa mais bico" e pronto.. Aceitou numa boa... Tão lindo ver ela dormindo sem chupeta... Meu bb tá indo embora...   :(     rs

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Mais perólas de Giullia

Cada dia que passa está mais falante e esperta... Vivo com cara de boba e babando como pode uma coisinha tão linda e pequena pensar e falar o tanto que ela fala.. Nem de longe parece o meu bebê mais.. Definitivamente, tenho uma criança em casa! Vou postar algumas das perólas aqui pq acabei demorando a postar e esqueci um bucado... Não posso deixar passar mais... É tanta coisa engraçada que essa pecinha rara fala, dá até um livro!! rsrsrs

- Filha, toma seu leite pra gente ir brincar.
- Depois eu tomo.
- Depois não. Toma agora. Vai.
- Não, depois do almoço eu tomo.

- Giu, posso beijar seu olho?
- Não tem remeLHA!

Uma amiguinha veio brincar aqui em casa e quando Giullia viu o chinelo dela na hora soltou:
- Vamos trocar nossos chinelos? (Tipo... DE ONDE ela tirou isso de vamos trocar??? rs)

- Ai mamãe, tá coçando aqui ó.
- Uai filha, então coça.
- Não consigo. Eu cortei unha.
(Mãe com cara de paisagem)

Saindo do banho, enquanto eu seco ela peço um abraço... Antes de soltar ela, dou um beijo na testa, no que ela emenda:
- Por que você me beijou mamãe?
- Ah filha, porque eu te amo!
- Eu te amo também mamãe!
Mais abraços...
- Você mora no meu coração!
(Mãe derretida e segurando pra não morder mointooo!)

Giullia vem puxando o cesto de roupa suja do quarto.. Quando chega na sala eu mando voltar porque ainda não está cheio e eu não ia lavar... Segue o diálogo:
- Não... Quero lavar!
- Ainda não é hora.. Seu cesto tá vazio, tem que esperar encher.
- Quero lavar!
- Agora não Giullia. Leva o cesto de volta! (levantando da cadeira)
Giullia sai correndo e gritando:
- Nãããããão! NUNCA! NUNCA! NUNCAAAAAAAAAA!
(Mãe com cara de ãhn? Onde ela aprendeu a falar nunca? rs)

Cantando a música da escola:
- Eu vi a Giullinha, lá na chaminé.. Tão pequenininha fazendo café.... É de chá-chá-chá... É de tra-la-la-la-la... Hey!
Põe o café, faz o barulho de bebendo café e pergunta:
- O que você pôs nesse café?
- Barata!
- Eca! Pfffffffffff! (cospe)
Depois foi a vez de cantar a vovó e saiu assim:
- Eu vi a vovó, lá na chaminé... Tão GRANDONINHA fazendo café...
Foi engraçado demais.. Ela ainda fez a marcação com a mãozinha.. Pequenininha com a mão lá em baixo e grandoninha com a mão lá em cima! rs

sábado, 19 de novembro de 2011

Bater em criança é covardia

Dia 19 de novembro: Dia internacional de combate a violência doméstica contra crianças e adolescentes


EU FAÇO PARTE... E VOCÊ????

Faço parte de um seleto (sim, seleto) grupo de mães que optou por educar da maneira mais difícil.

Optou por ensinar com paciência, disciplina, muita boa vontade e amor o que muitos acham que conseguem passar, batendo em suas crianças.

Faço parte de um grupo, que trás no peito, na alma e pra vida que bater em seus filhos, é uma covardia sem tamanho.

Faço parte das mães que tem ciência que seu peso + altura + a força na hora da raiva, podem causar marcas irreversíveis em seus pequenos!

Faço parte das mulheres que se negam beliscar, cutucar, apertar, chacoalhar, bater, surrar, espancar e castigar com qualquer tipo de dor física ou psicológicas seus próprios filhos!

Faço parte das que ficam abismadas em ver crianças sendo puxadas pelos pequenos e finos braços com força, enquanto choram porque querem algo, sem serem ouvidas...

E tem no choro a busca desesperada pela atenção, pelo serem ouvidas, mas mais ainda... Serem compreendidas!

Faço parte das mães que sabe impor limites pros filhos, sem precisar impor insegurança, raiva, tristeza, ódio, mágoa, MEDO.

Faço parte das mães amigas, estas, que os filhos podem contar pra tudo!

Que os filhos podem confiar!

Que os filhos, tem ciência que quando um erro é cometido, eles serão advertidos e serão 'punidos', mas eles não TEMEM isso, porque a MULHER aqui, é racional!

Nunca ergui a mão pra minha filha.

Nunca abusei do "poder" que tenho.

Nunca descontei nela, qualquer tipo de problema ou frustração MINHA!

Se minha filha será uma "marginal", uma "drogada", uma "viciada", uma "perdida"...

Ora, vamos...

Eu não tenho bola de cristal pra saber.

E também não saberia, se a batesse sempre que EU julgasse necessário!

Aqui, a conversa e a compreensão são "o carro chefe" da casa.

E vejo, pelo olhar da minha filha, quando me abraça e pede desculpas por algo derrubou, que quebrou, que por acaso se estragou e recebe de volta um:

- Você pode tomar mais cuidado da próxima vez?

Será que pode me ajudar a limpar?

Vamos arrumar isso juntas?

Vamos entender porque quebrou e porque você não deveria estar mexendo ai?

Ao invés de uns bons tapas na bunda!

Sem um explicar lógico.

Somente porque eu acho que ela mereça...

Faço parte das mamães radicais.

Que sabem educar com amor, sabendo conversar, ensinando o correto, sem machucar!

E com MUITO ORGULHO EU DIGO:

Bater em criança é covardia.

Um tapinha ou um tapão, isso é tudo agressão!

Escolhi ser mãe, optei por amar, não vai ser da minha mão, que minha filha vai apanhar!

Minha filha não faz manha, minha filha não apanha!

Criança bem educada, não precisa de palmada!

Bater não educa, bater machuca!

Autoria: Nat (comunidade Pediatria Radical - orkut)

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Pérolas noturnas da Gugu

Eu geralmente deixo juntar um tanto de coisinhas engraçadas pra depois fazer um post decente mas essa noite em particular a Giullia tá soltando uma pérola atrás da outra que não podia deixar passar e correr o risco de acabar esquecendo... Tive que vir correndo registrar!!! rs

Hoje depois da aula estávamos sentadas na varanda da casa da minha mãe, Giu fazendo o lanchinho dela, eu e minha mãe de papo... De repente, do nada, ela solta o copo e fala "Tá chegando a Primavera!!!" toda entusiasmada e sorridente... Acho que falaram na escolinha e ela lembrou e comentou com a gente... Daí fui explicar pra ela que na primavera a rua fica cheia de florzinha e tals... Um pouco mais tarde voltando da padaria fui brincar com ela:
"Tá chegando o inverno filha?"
Na hora tava virando um moço na esquina e ela respondeu:
"Táááá... Tá chegando o inverno! Oi inverno!" (cumprimentando o moço)..
Eu também nem sei brincar, né? A menina acabou de aprender o que é primavera tem que saber o que é inverno?? kkkkkk
Chegamos em casa hoje a noite e fomos pro banho nós duas... Ontem a noite ficamos sem água aqui em casa e ela ficou num estresse danado quando viu que o chuveiro não funcionava... Toda hora perguntando "E agora? O que fazer?"... Hoje quando entrei com ela e liguei o chuveiro ela fez uma feeeeeeeeeeesta!!! Gritava e batia palma que o papai tinha consertado e falava "Legal Papai!! Legal!!!". O pai dela é o herói aqui de casa, que conserta TUUUUUUDO!!! rsrsrs... Ainda no banho ela vira pra mim e fala:
"Vou comprar esse mama!"
Eu com cara de quem ouviu mas acha que não entendeu bem as palavras perguntei... "Ahn???"
E ela responde de novo... "Vou comprar esse mama!" e aponta.. Pra não deixar dúvidas.. hahaha
Pergunto: Pra que filha?
Ela: Pra colocar aqui (aponta pro peito dela)... Vou comprar mama e colocar aqui! Grandããããão... Grandããããão....
(Mãe muda e pensativa)... hahahhahaha
Agora ela tá lá deitada na minha cama assistindo Patati Patatá pela 35489ª vez! Mas tá me enrolando pra não dormir... E aí só hoje já usou de vários artifícios... Primeiro desceu da cama e veio engatinhando e miando... Deitei a gatinha de novo e dei boa noite... Daí uns 5 minutos apareceu um sapo pulando e coaxando... Beijei o sapo, que virou princesa e coloquei pra dormir de novo... Vendo que a coisa tava feia pro lado dela, ela tratou de assumir a posição de vítima e implorou desesperada:
"Mamãe... Deixa eu falar uma coisa.. Só uma coisa! Só uma!!!" (mostrando o 1 com o dedo, como quem pede pelo amor de Deus mãe... é só o que te peço!! eu imploro!! rs)
Perguntei o que era e ela prontamente me respondeu com uma cara de cachorro que caiu da mudança "Cobre eu?"... Agora continua lá deitada... Já tive que cobrir de novo mais duas vezes, mas acho que dessa vez ela se entrega aos braços de Morfeu!!

Agora eu te pergunto.. Tem como resistir a tanta gostosura e não encher de beijos, amassos e mordidas???