domingo, 17 de julho de 2011

Cadê meu bebê?

Impressionante constatar a cada dia como a Giu vai virando uma criança e deixa de ser um bebê... Ai que aperto no coração!! hehehe... Mal consigo me lembrar mais dela bbzica de colo... Quando ela cabia em um braço só e eu fazia de um tudo com o outro braço livre... Agora estamos na temida fase do "terrible two"!!! Oh céus!!! HAJA PACIÊNCIA! kkkkkkkkkkkkkkkkk
Como pode uma coisinha tão linda e tão inteligente ser tão atrevida e teimosa? hahaha... Brinquei com a Gabi no msn que essa seriam as férias do cantinho da disciplina! Fico rindo, mas é sério a coisa... A maioria das birras e pitizinhos que ela dá são lindos e engraçados.. Mas é aquele negócio, é engraçado agora que tá pequenininha, daqui uns 3 anos tá aqueles meninos insuportáveis de chatos que ninguém aguenta de tão entojadinhos.. Então tenho enfrentando algumas batalhas pra garantir que a pequena entenda que aqui em casa o buraco é mais embaixo!
Há umas duas semanas ela dormiu um dia na casa da minha mãe e passou umas duas manhãs lá porque precisei resolver algumas coisas... Aí já viu, né? Casa de vó... Quando dei por mim, dona Giullia estava dando show pra almoçar e jantar, não comia praticamente nada e dava escandalo... Respirei fundo e pensei comigo... É hoje que isso acaba! kkkk... Pus ela no carrinho e fomos lá pra sala... E mãe do céu, seu nome é paciência! Fiquei bem uns 40 minutos convencendo ela a comer e ela miando do outro lado.. Com muito custo abria a boca e levava uns 5 minutos mastigando, fazendo ânsia de vômito (mereço!)... E isso não chegamos nem na metade do prato... A situação foi ficando crítica! Ameacei tirar do desenho... Ela nem tchum... Troquei pro jornal... Ameacei tirar o suco... Ela nem tchum... Sem suco... E ela miando com a comida que já estava ha um tempão na boca e não engolia... Ameacei desligar a tv.. Ela nem tchum... Desliguei... Quando eu já estava sendo vencida, resolvi sair de sala pra não dar uns beliscões nela.. kkkkkkkk.. Falei bem brava.. Olha aqui.. Eu vou lá pra cozinha ficar com a sua vó (que tinha sido expulsa da sala pq queria tirar ela do carrinho nos primeiros miados) e só volto aqui quando você parar de choramingar e engolir essa comida que tá na sua boca... E fui.. Ela me chamou duas vezes... Cheguei da porta e perguntei séria se tinha engolido.. Ela só abriu a boca e mostrou que a comida tava lá.. Eu voltava pra cozinha.. E acreditem se quiser... A menina ficou lá sentada no carrinho, sozinha na sala, sem tv e sem suco e ainda levou mais 15 minutos pra ela engolir a comida!!!!!! Mas depois dessa batalha também ela não voltou a dar piti pra comer... Agora ela dá piti por outras coisas! hauahuhauhaua

Para além do "terrible two", os 2 anos tem trazido MUITAS cenas engraçadas também...

- Outro dia estava na casa da minha vó pq minha tia ia viajar e fomos despedir dela.. Minha tia ajeitando as malas e indo de um lado pro outro e a Giu atrás... Quando vi que ela tava atrapalhando tirei ela de perto e falei que a tia Naná tinha ido no banheiro.. Pra ela esperar que daqui a pouco ela voltava... E ela ficou distraída brincando com outras coisas... Daí um tempo a tia Naná aparece na sala e a Giu levanta correndo e pergunta: "Feizi cocô tia Naná, feizi?" (todos na sala riem e a mãe fica com cara de paisagem e vai explicar pra tia Naná o porque da pergunta)

- Estou criando o hábito na Giullia de rezar antes de dormir... Às vezes na minha cama depois do banho, outras na cadeirinha que ela dorme... Falo com ela.. "Filha, vamos rezar!" Ela fecha o olhinho (daquele jeito de criança que fica tremelicando e abre de vez em quando pra ver se os outros tão de olhos fechados.. rs) e abre as mãozinhas igual vê a gente fazendo... Aí eu vou falando e ela repetindo "Papai do Céu, protege o papai, a mamãe, a Gugu, a vovó, o vovô, o Paulo, todo mundo..." Quando chega no todo mundo ela me interrompe pq sabe que logo em seguida vem o amém e fala "e o Fed.. Amém".. Fred é um amigo do meu irmão que ela moooooooorre de medo de chegar perto, só brinca com ele de longe com muito custo e insistência dele... Mas ela SEMPRE, SEMPRE fala e o Fed no final da oração... Às vezes acrescenta outras pessoas que ela encontrou no dia ou vai lembrando.. Mas o Fred ela sempre fala... O dia que contamos isso pra ele, ele quase caiu pra trás de orgulho!! hehehe

- Ontem voltando da padaria com minha mãe Giu tava com o converseiro aberto... Falando, falando, falando... Daí quase chegando em casa ela vira pra minha mãe e pergunta "Pode subir no telhado, pode? Pode subir na árvore, pode?"  (tipo.. PELO AMOR DE DEUS, de onde essa menina tirou essas idéias??? kkk)

Tem mais histórias engraçadas.. Mas agora que sentei pra postar FINALMENTE, me fugiu tudo.. Depois volto pra atualizar... Agora de férias, pretendo botar o cantinho em ordem!

Nenhum comentário: