domingo, 28 de dezembro de 2008

Pra refletir...

Aff... Tô com o estômago revirando de raiva aqui... Tava passeando por umas comunidades do orkut e vi um pessoal comentando sobre uma reportagem da Record de um pai que foi filmado espancando o menino no banheiro do aeroporto no DIA DAS CRIANÇAS, pq ele tinha se perdido dos pais... Chocante e lamentável... O pai batendo na cara, botando o menino no colo pra bater no bumbum... E um idiota filmando pelo celular sem fazer NADA!!! O "pai" só parou de espancar o menino depois que uma mulher entrou no banheiro pra separar, porque tinha ouvido os gritos do menino do lado de fora...

Fico pensando... Por que bater em mulher e velho é covardia e bater em criança é "EDUCAR"???

No tópico tinha várias pessoas relatando casos de crianças humilhadas em público e que elas preferiram virar o rosto porque "senão quando chegar em casa a mãe desconta no menino a raiva de ter sido chamada a atenção em público" (Ela não pode, né?)... Pelo amor de Deeeeeeeeus, gente... Imaginem o que teria acontecido se o vizinho lá do pai da Isabela tivesse ligado pra polícia quando ouviu o irmãozinho dela gritando pro pai parar ao invés de ter ficado só espiando pela janela... É muita hipocrisia... Fico nervosa com esse tipo de coisa e esse tipo de comportamento e comentário... Queria ver quando você respondesse mal seu marido ou seu chefe se ia achar bom ele te espancar só pra te ensinar que "não é assim que se faz"!
Neeeeeeeeim... Me tiram do sério essas coisas...

Em contrapartida vi no youtube uma propaganda que prega a não violência contra a criança... No final do vídeo aparece em inglês a frase: "Muitas crianças prefeririam que os pais fossem animais!" Vale a pena assistir e divulgar...

http://www.youtube.com/watch?v=AV-XCF65-9I

Ufa... Desabafei!

2 comentários:

Priscila disse...

Ei Ari... Tenho uma professora da disciplina de Educação Infantil que foi parar na delegacia por conta disso... Ela foi chamar a atenção da mãe deu confusão, ams ela diz "faço tudo de novo, só não dou conta de ver criança sendo agredida na minha frente". E é por aí mesmo, se ninguém se calasse, tudo poderia ser diferente. Quanto ao video que vc cita, usei o próprio em uma apresentação sobre violência infantil... É pesado mesmo. Depoiis te mando um outro que tenho aqui que é fantástico...
Beijocas
Pri

Kelly Pereira disse...

Bater numa criança, mesmo que seja uma palmada será sempre um ato autoritário de alguém que está perdendo a autoridade.
Algumas pessoas pensam que batendo estão educando. Não, batendo estão subjugando o mais fraco, criando um ser hostil, que mais tarde irá bater também.

Uma criança precisa ser ouvida, respeitada, e ela só aprenderá a respeitar se for respeitada.

Sou radicalmente contra os castigos físicos, os frutos que a violencia produz não é a educação, é a revolta, o medo a rejeição, que podem provocar patologias sérias!

Diga nao a violencia infantil!!!