quarta-feira, 9 de junho de 2010

Entrei na faca.. Ui! rs

Comemoramos em grande estilo o niver da Giu no dia 22... No dia seguinte viajei pra Salinas (terra da cachaça), mas nem foi pra entrar na manguaça.. Foi pra trabalhar meeeeeesmo... E muito!!! Voltei de viajei na sexta... Postei munitim aqui no domingo contando como foi o niver e fui dormir... Ou pelo menos tentar... Passei o dia com uma dorzinha que ia e vinha, tipo contração... Só num me descabelei achando que era Vinícius chegando porque tava menstruada mesmo... Pq tava igual contração de parto de verdade.. Depois que postei e fui pra cama que o bicho pegou... Uma dooooooooor... Mas uma dooooooooooor imensa que ngm merece e num desejo nem pra certas pessoas.. Cof, cof, cof... Passei a noite em claro, de tempos em tempos cutucando o Rafa só pra falar que tava doendo e ganhar denguinho... Num tinha posição na cama que fazia a dor parar..
Quando deu 7 da manhã, entreguei os pontos e resolvi ir no pronto socorro, jurando que sei lá como, tinha quebrado a costela.. Pq tava doendo no pé da coluna, que tava difícil até de respirar já... Cheguei no hospital engatinhando e chamando o juca pela décima vez já... Quando a médica abriu a porta do consultório já fui entrando e falando que ia explicar pra ela o que tava sentindo deitada na maca mesmo... kkkk... Bom que pelo menos na primeira apalpadinha ela já descobriu o que era... VESÍCULA!! Jesuuuuuuuuuuus do céu... Depois do diagnóstico fui pruma salinha tomar buscopan na veia e esperar pra ir no ultrassom ver meus filhotinhos pedregulhos!! rs... Resultado: tava cheiiiim de pedra, inflamada e inchada a bichinha... Num tinha jeito, era entrar na faca e tirar... A vesícula faz parte do conjunto de orgãos necessários meio que dispensáveis que temos (junto com o apêndice que só serve pra dar apendicite e o útero que depois que temos filhos só serve pra criar miomas)... Servem pra alguma coisa, mas bem que podemos viver sem... Então lá fomos nós, preparar para a cirurgia de emergência...
Quando soube que era anestesia geral fiquei meio com medo... Mas tava doendo tanto que nem me importei muito.. Queria era que tirassem logo o trem... Até que me encaixassem pra operar fiquei 46 horas de jejum entre o pré e pós operatório... O povo bebendo água na minha frente e eu quase tendo orgamos múltiplos só de me imaginar bebendo um copo de água geladinho.. rs.. Ô derrota!!! Sei que como parou de doer, por causa dos remédios que tomei, ficar esperando pra operar fez meu medinho aumentar consideravelmente... Sinceramente, acho que paciente já devia sair do quarto dopado pq me dá nos nervos ver e sentir o cheiro do bloco cirúrgico...
Engraçado que enquanto tava deitada lá e o povo me preparando apareceu uma enfermeira falando comigo:
Ela: "Cê é minha vizinha, né?
Eu: Olhei bem pra ela e falei "Sei lá" (kkkkk)...
Ela: "Vc num mora na rua tal?"
Eu: "É.. Minha mãe mora lá." (tipo fazendo força pra lembrar, mas sem a mínima idéia de quem era a fulana)
Ela: "Fui eu que cai na sua calçada outro dia"
Eu: "Aaaaaaaaaaaaaah... Lembrei... Que coincidência vc por aqui, blablabla"

(pausa pra contar o causo do tombo)
Foi num fim de tarde de sábado.. Estava eu, minha mãe e Giu brincando no alpendre e de repente escuto um ploft! (kkkkkk).. Corri pra socorrer a coitada curiosa, que tinha caído pq foi bisbilhotar a gente lá dentro e num viu o degrauzinho do passeio... Fiquei até com dó pq ela tinha comprado um figo em calda que tava tão apetitoso e espalhou calçada a fora...
Moral da história: Seja SEMPRE bonzinho com as pessoas.. Você nunca sabe em que momento da sua vida pode voltar a encontra-las!! kkkk
(despausa)

Mas enfim.. Papo furado vai, papo furado vem a anestesista chegou e me mandou pro mundo dos sonhos... Só me lembro de acordar na sala de recuperação ouvindo a enfermeira falar no telefone que a Ariane num tinha voltado da cirurgia ainda não.. Comecei a levantar o braço tentando avisar que eu tava lá.... Voltei toda grogue, com a garganta meio machucada e a boca inchada por causa do tubo... Fui pedir pra me darem água e uma engraçadinha falou que num podia e depois veio e espirrou soro na minha boca... Ecatiiiii... Depois de um tempinho voltei pro quarto... Ainda fiquei mais umas 15 horas sem poder comer... O médico só foi liberar pra eu comer algo no fim da manhã do dia seguinte... Depois que comi e num tive nenhum piripaque me mandou pra casa...
Agora tô bem... Os pontos já tão sequinhos e quase caindo (um no umbigo, dois no lado direito da barriga e um corte maior no meio da barriga, logo embaixo das peitcholas)... Semana que vem tenho retorno pra dar uma checada se tá tudo bem e aí é só correr pro abraço...
Bom disso tudo é que com a viagem e a cirurgia fiquei meio off de tudo e quando voltei tive boas notícias sobre um assunto que muito me interessa... Uns planos que tenho a tempos e tão quase virando realidade já!!! Quando acontecer venho contar!!! hehehe
Ufa... Falei demais pra variar.. Depois volto contando as últimas peripécias da pimentinha Giullia!!!
Bjokas

Um comentário:

Kelly Pereira disse...

Oxi amiga, ainda bem que terminou com final feliz. Espero que esteja melhor! Beijos